Estrutura

O plano de trabalho geral inclui 16 tarefas (T) agrupados em 6 módulos (M): :

Módulo 1  Interações entre fogo, clima, condições meteorológicas e comportamento humano em condições extremas

Instituição responsável: UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

TAREFA 1  A influência das condições meteorológicas no comportamento extremo do fogo

TAREFA 2 A influência do clima no comportamento extremo do fogo

TAREFA 3 O perigo de incêndio e o comportamento humano


Módulo 2  Relações entre a paisagem e os incêndios extremos: construção de paisagens resilientes

Instituição responsável: UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

TAREFA  4  Interação entre paisagem e incêndios extremos

TAREFA  5  Resiliência da paisagem em incêndios extremos


Módulo 3 Os incêndios extremos: comportamento e regime

Instituição responsável: ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA AERODINÂMICA INDUSTRIAL

TAREFA  6  O contexto dos grandes incêndios em Portugal

TAREFA  7  Predição de comportamento extremo do fogo

TAREFA  8  As dimensões humanas dos incêndios extremos


Módulo 4 Respostas individuais, sociais e institutionais na prevenção, preparação, resposta e recuperação

Instituição responsável: UNIVERSIDADE DO PORTO

TAREFA  9  Causas de incêndios extremos e comportamentos humanos

TAREFA  10  Avaliação do risco e construção de resiliência

TAREFA  11 Comunicação de risco de incêndio

TAREFA  12  Evacuação

TAREFA  13  Supressão

TAREFA  14  Governança e planeamento territorial


Módulo 5 “Fire Smart Territory”: conceptualização e implementação

Instituição responsável: UNIVERSIDADE DO PORTO

TAREFA 15  “Fire Smart Territory”: conceptualização e implementação


Módulo 6 Disseminação dos resultados do projeto

Instituição responsável: UNIVERSIDADE DO PORTO

TAREFA  16  Disseminação dos resultados do projeto